Da Luz Collective é um coletivo de curadores, criado em 2017, que está interessado nos aspetos de crítica artística e visual na produção de arte contemporânea. Da Luz trabalha principalmente com artistas que utilizam vídeos, fotografia e instalações luminosas com o objetivo de mostrar e divulgar os novos processos artísticos. Com efeito, pela referência linguística à “luz”, o coletivo entende o seu nome também sob a dimensão de  “iluminar” algo que ainda não é claro ou não foi dito.

Olhar além e através das obras de arte. Perceber a atitude crítica em relação ao conceito de visual. Apresentar jovens artistas. Estes são os conceitos chave que definem Da Luz Collective. O nome escolhido evidencia, com efeito, a atenção pelo imperceptível (a palavra Luz) que fascina os curadores. Da Luz Collective realiza exposições e projeções, organizando eventos em que,  sempre que possível, os artistas são convidados a dialogar com o público para partilhar ideias e falar do próprio trabalho.

 

Da Luz Collective é formado por três jovens curadores, cada um com um diferente background: Filippo De Tomasi é doutorando na Universidade Nova de Lisboa, onde desenvolve uma pesquisa sobre a relação entre arte contemporânea e fotografia; Kasia Sobczak - Wróblewska é curadora independente e diretora do projeto Contemporary Art Tours Lisbon, trabalha com as artes visuais, com particular incidência em instalações e obras site specific; Orsola Vannocci Bonsi, project manager de Festival dos Espaços dos Artistas (FEA) – um festival de exposições em artist run e espaços independentes –, interessa-se pelas identidades culturais e políticas e respectiva transposição em arte.

Contactos

tlm. – (+351) 969 651 143 | 912 039 679

mail – daluzcollective@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle