Light Box com Emilie PeyreSmith e Lea Renée Vajda 

Forma

19h30-21h30 | 20.01.19 

na FOCO, Lisboa

Forma. Nesta sessão Da Luz Collective colabora com PADA studio, convidando Emilie Peyre Smith e Lea Renée Vajda, duas artistas que estão a desenvolver uma investigação na residência artística da PADA. A ideia da forma pode orientar a compreensão da poética das artistas, sob a óptica da tangibilidade e das tensões internas das obras de arte.

 

 

Emilie Peyre Smith (1985, Delaware, EUA) é uma artista multidisciplinar de origem franco-holandesa que trabalha principalmente com a escultura. Emilie logra encontrar ora a suscetibilidade dos materiais quotidianos e práticos, ora paralelos com a sobre-mecanização contínua da experiência humana. A sua prática artística apresenta marcas de forças fundamentais dentro da realidade material para criar obras ansiosas e desconfortáveis. Emilie está a tirar o Master in Fine Arts na Escola de Arte de Glasgow. Entre as recentes exposições encontram-se Three Times Removed, Tontine, Glasgow (2018) e Upriver, Center of Contemporary Art, Plovdiv, Bulgaria (2017).

 

Lea Renée Vajda (1992 Munique, Alemanha) trabalha entre Munique e Lisboa. A sua investigação foca-se principalmente na fotografia e na escultura – questionando a bidimensionalidade fotográfica, os processos de registo da fotografia e de representação. A materialidade desempenha um papel central na prática da artista, como também a relação do material com a sua representação, e as suas estruturas e regras. A artista estudou Psicologia, Filosofia e Arte em Amsterdão, Belas Artes e Independent Study Programme at Maumaus - Escola de Artes Visuais (2018), ambos em Lisboa.
 

 

 

PADA é uma organização artística sem fins lucrativos, localizada no Barreiro (Baía Sul de Lisboa), fundada em 2018 por Tim Ralston (UK) e Diana Cerezino (PT).

Instalada num parque industrial abandonado dentro da antiga zona industrial da Companhia União Fabril (CUF) no Barreiro, o lugar dos estúdios PADA, antigamente uma fábrica de juta, estão rodeados pela história industrial, bem como estão cercados pela história industrial, bem como por artesãos e artistas contemporâneos que fornecem inspiração, conhecimento material e recursos para experimentação e produção. As instalações da PADA inserem-se neste ambiente com grandes estúdios e apoio técnico para incentivar e facilitar o desenvolvimento do trabalho. O programa de residência PADA recebe 6 artistas por mês, oferecendo-lhes tempo e espaço para desenvolver práticas através da exploração de técnica e dos processos.

A galeria PADA exibe obras de arte que se conectam e respondem à história local, com ênfase na fabricação e materialidade inspiradas no passado industrial.

 

PADA  
PO BOX 5092
Parque Industrial do Barreiro
www.padastudios.com
info@padastudios.com  
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle